COMO MANTER RELACIONAMENTOS SADIOS?

As nossas verdades internas, que consideramos  como absolutas, são diferentes das verdades daqueles com quem convivemos ao nosso redor. Porém, na maioria das vezes,  gostaríamos que  os “outros” pensassem e agissem como nós, iniciando assim um processo de discordância com o externo, como já descrevemos no Post: “COMO AS RELAÇÕES PODEM NOS DESEQUILIBRAR?”

Nós mostramos esta nossa discordância através de alguns tipos de comportamentos a fim de nos proteger nas relações ou justificando as nossas atitudes.

relacion equil2

Comportamentos comuns nos relacionamentos:

Defesa: nos defendemos de um ataque pois não queremos entender o outro lado, atacando, proclamando inocência, mostrando-se ultrajado ou mesmo bancando-se de vítima.

Obstrução: nos fechamos e deixamos a outra pessoa com a sensação que está falando sozinha, obstruindo o diálogo.

Crítico: avaliação dos defeitos, falamos dos erros, ataque à identidade do outro quando por exemplo dizemos: “Você é sempre….” ou mesmo “Você nunca …..”

Desprezo: se faz quando nos colocamos numa posição de superioridade, ironizando, menosprezando, desautorizando e até duvidando da capacidade da outra pessoa. O desprezo destrói a admiração, o carinho e o respeito entre as pessoas.

Antídoto para estes comportamentos:

relacion-equilDefensividade: Baixar a guarda, ouvir o que o outro está falando, admitir sua responsabilidade, compreender de que maneira você esta contribuindo para que a outra pessoa tenha tido esta visão de você.

Obstrução: se você percebe a necessidade que não é o momento de conversar, diga que não se sente em condições para tal neste momento. Sinalize que você está ouvindo, abra uma brecha para que o outro não se sinta ignorado.

Criticismo:  use um exercício de feedback e deixe claro como você se sente com fatos, sem acusações. Por Exemplo: Ao invés de dizer:  “ Você ainda não foi ao mercado, deixa tudo nas minhas costas?”. Você pode substituir por: “ Você não foi ao mercado  ontem, e na semana passada também não, fiquei chateada, porque meu dia é muito corrido e não consigo dar conta”.

Desprezo: Aprecie e valorize aquilo que a pessoa tem de melhor, o que tem de positivo. Quais são suas qualidades? Resgate o respeito e admiração.

O QUE VOCÊ PODE FAZER HOJE,

DIFERENTE NOS SEUS RELACIONAMENTOS?